Este é o blogue de mulheres para mulheres que os homens não vão querer perder!

 

imagem post lançamento

 

Há ideias parvas que nos passam pela cabeça e que nos ficam no coração.

Esta de escrever um blogue terá sido uma das ideias mais parvas que já tive! E o coração vai atrás… E porque o que faço é com o coração fui atrás de quem fosse parvo o suficiente para ouvir a minha parva ideia! Encontrei amigas do coração! E a diversão e partilha já foi tanta que já valeu a pena ter ideias parvas!

Mas, e afinal, é um blogue sobre o quê?

Prometo que haverá parvoeira mas vamos falar de assuntos sérios! Ser mulher não é fácil, não é fácil estar constantemente associada a estereótipos que variam conforme a década, o país ou até o estado da economia.  E diriam os homens “ estas mulheres são é parvas”. Talvez. Mas somos muito mais que “parvas”, e é preciso ser-se mulher para perceber o que quero dizer, e os homens se não fossem parvos até conseguiam entender.

Vamos falar de mulheres reais, aquelas que temos lá em casa, da nossa tia que cozinha divinamente, ou da nossa mãe que não sabe estrelar um ovo, vamos falar daquela super mulher que conhecemos ou da outra mais tímida que prefere não se dar a conhecer. Vamos falar da mulher que tem uma carreira profissional ou da que optou por ficar em casa com os filhos, espera, vamos falar da que tem filhos e também da que não quer ter.

Parece-me que escolhi um assunto fácil, mas na verdade não é fácil falar de mulheres. Somos tão complexas que tantas vezes nem nós nos percebemos. Tentaremos desvendar os mais antigos mistérios da civilização associados ao feminino, mas acima de tudo queremos quebrar com os preconceitos e estereótipos, somos mulheres reais, com tantos defeitos e cada uma com o seu feitio, temos em comum a mesma capacidade para sermos extraordinárias no que fazemos todos os dias.

E a ambiguidade é tanta que conseguimos no mesmo plano ser tanto e ainda mais seriamos se o tempo nos permitisse.

Uma mulher aos nossos olhos será sempre uma mulher forte, uma mulher determinada, com personalidade, que sabe o que quer, que chora com a mesma franqueza que usa para rir, honesta na sua essência, sexy na forma mais natural do seu ser. E que nenhuma mulher nos diga que não consegue, e que nenhum homem nos negue o direito de o ser.

Somos diferentes mas somos Mulheres reais, Mulheres sem filtro, sem nunca deixarmos de ser principalmente e acima de tudo Mulheres!

Sofia Franco

(mulher sem filtro)

 

 

 

 

Anúncios

Irmãos para sempre…. ou “seca “para a vida toda…

IMG_9109

Eu tenho duas. Mais velhas. A diferença de idades é tão grande que qualquer uma poderia ser minha mãe. Foi como foi. Foi assim. Nem sempre a relação é fácil mas se pudesse escolher não escolhia de outra forma. Depois tenho dois, emprestados , filhos da mais velha, com uma diferença de idade tão pequena que em qualquer lado passam por meus irmãos. Depois tenho outra, a da escola que ficou para a vida toda..

Quando engravidei a primeira vez pensei logo na segunda, assim com uma diferença curtinha para que pudessem brincar , ser cúmplices e caminharem juntas pela vida fora. Dois anos depois nasce a mais nova, quase quase a do meio. A maioria  dos dias dão-se bem , mas o dia é longo e nunca acaba sem terem uma discussão, sem um “ó Maeeeeeeee” , sem um grito, um choro ou qualquer coisa. São as primeiras a fazer queixinhas uma da outra, não se acanham nada na prontidão com que se acusam.

Se a mais velha vai dormir a casa de uma amiga a mais nova fica  inquieta. Dá-me um abraço e diz que tem saudades da mana. Mas se dormem juntas há pontapés e juro que até em sonhos já as ouvi queixarem-se uma da outra.

Quando lhes disse que iam ter mais uma mana, aceitaram tranquilamente com a naturalidade de quem sabe que ter manos é uma seca , mas uma seca das boas. Uma seca para a vida toda. A mana mais nova ainda não nasceu, mas já entra nos  desenhos da escola. Já fazem planos com ela, só ainda não arranjaram espaço para ela na caminha dos pais, mas tudo a seu tempo. A “seca ” para a vida toda ainda agora começou.

Sofia Franco

(sem filtros)

 

 

HOUVE CASAMENTO REAL

E pronto meninas, há menos um príncipe disponível. O Harry casou e casou muito bem com a lindona da Meghan Markle. A moça basicamente chegou e disse: Eu caso, mas vamos fazer isto à minha maneira!

Confesso que não tive tempo de assistir ao acontecimento em directo (o chá de bebé da Sofia e da Alice foram muitooooooooooo mais importantes), mas fui acompanhando online e meu Deus, houve tanto tiro ao lado…
Comecemos pela noiva.
Ela ia muito bonita e elegante, até porque ela é linda e elegante e mesmo que se tivesse esquecido que ia casar podia perfeitamente agarrar num lençol branco e meia dúzia de alfinetes, amarrar o cabelo com um lápis estilo inspectora Raquel Murillo e deslumbrar. Mas não, acho que não se esqueceu que ia casar e pediu ao senhores da Givenchy para desenhar qualquer coisinha de linhas direitas que não desse muito trabalho e que não obrigasse a fazer muitas provas, porque isto de ser actriz e princesa não deixa muito tempo livre. E saiu isto, um vestido branco, em forma de A sem rendas nem bordados e com destaque apenas do decote em barco. Simples e bonito.

A verdade é que muito provavelmente é a única mulher no mundo que pode fazer isto, tem corpo e cara para casar assim que acorda e sem grandes retoques.

Mas na minha opinião foi simples demais. Não digo que gosto de vestidos tipo suspiro de caramelo, mas faltou ali “mais princesa”. O vestido era simples, o penteado era simples, a maquilhagem era simples. Foi salva pelo véu que era assutadouramente gigante e que me fez pensar “noiva a tropeçar em 3…2..1…”. Enganei-me, ainda bem para ela.
A tiara mantendo a tradição foi emprestada pela rainha Isabel II (forreta da velha, não dá nada a ninguém só empresta) e apesar de ser o elemento “tchanan”, a Megan é tão gira que quase ninguém repara na tiara. As restantes jóias eram simples, só uns diamantezinhos Cartier e está feito.

000-1559ij-1-

E se a noiva foi uma decepção o que dizer da Kate, que não teve tempo para nada e levou o vestido que já tinha usado no baptizado da filha e em mais dois eventos oficiais. Não me choca que a Duquesa de Cambridge repita vestidos, mas choca-me que o faça no casamento do cunhado.

Para além da repetição, a cor não é a melhor. Não sendo branco, é um amarelo quase branco e tirando as damas de honor mais ninguém pode usar esta cor num casamento. Porquê Kate? Porquê? Logo tu que podes até pedir aos senhores da Pantone para criarem um Azul Middleton ou um Rose Kate. Parece que a estou a ver a dizer ao Wiliam “o casamento do teu irmão agora não dá jeito nenhum, vamos comprar qualquer coisa para os miúdos na Zara, tu levas aquele fato do costume com as medalhas e eu vou ver o que tenho para ali que não dê muito nas vistas”. E assim foi…

kate

Estas são as principais, mas querem mais?!?! Eu dou!

A Rainha foi de Teletubie

33141858_10213965518065750_3610213053611638784_n

A Victoria Beckham enganou-se. Achou que ia para um funeral e levando uma criação sua apareceu em modo cabide (magra demais e não estou de todo a ser invejosa, ou talvez esteja mas só um bocadinho).

Só para vocês juntei o melhor e o pior na mesma imagem.

beckham

A Pipa Midleton que costuma saber muito o que faz e apesar de ir de garrafa de Arizona, ia bem.


Chapéus?!

Muitos! Para todos os gostos.

33092221_10213965105255430_3606297692705128448_n

Safaram-se bem…

2623814-mulher-de-james-haskell-a-apresentadora-950x0-22623829-pais-de-kate-middleton-carole-middleton-950x0-22623754-shelley-jenkins-mulher-do-jogador-de-ru-950x0-3

Fica para próxima…

Nota de rodapé para a mãe da noiva, Doria Ragland, bonita e cheia de personalidade.

doria-ragland-prince-charles-t

Para não dizerem que eu estou aqui só para criticar, digo-vos que este casamento foi uma lufada de ar fresco, foi uma lição para todas nós. A Meghan Markle deve ser um exemplo a seguir, entrou na igreja sozinha, não hesitou nem um segundo. Segura e num acto de afirmação que arrepia qualquer uma. Depois borrifou-se para o protocolo e escolheu o bolo que queria, bolo de limão e flor de sabugueiro, substituindo o tradicional bolo inglês. Como se não bastasse, a machadada final, pegou no copo, discursou e propôs um brinde, sendo que, segundo a tradição real, cabia ao noivo esta função.

Temos pena! Chegou, viu e venceu. Ele completamente apaixonado, rendeu-se.
Aqui há amor, há inteligência e há saber fazer.

GettyImages-960063158_1280x720_acf_cropped
Felicidades aos noivos!

MB
Sem Filtro

Queridas mães perfeitas…

IMAGEM MAES PERFEITAS

Queridas mães perfeitas,

sei que existem porque sigo os blogs e os grupos do Facebook. Nunca vi nenhuma mas de certeza que estão por aí.

Queridas mães perfeitas, folgo em saber que existem, que estão bem de saúde e que são cada vez mais, não sei se já alguém inventou o movimento Mães Perfeitas mas de certeza que vos assenta que nem uma luva!

Folgo em saber que os vossos filhos andam sempre imaculados, sem uma ruga na roupa ou um arranhão no corpo.

Folgo em saber que nunca ouviram um berro, um grito ou um ligeiro esganiçar de voz.

Folgo em saber que todos os legumes da sopa são biológicos, assim como a fruta, que nunca comeram boiões no supermercado e que os iogurtes são da bimby e sem açucar, que nunca comeram uma bolacha maria  nem de chocolate nem gomas nem bolos nem nada dessas porcarias que os miúdos hoje em dia comem! As festas de aniversário que tenham salame foram banidas . Fizeram muito bem que a salame só faz mal e deixa a boca suja de chocolate e as mãos num estado caótico, já para não falar da prata em volta , cheia de quimicos. Que horror!

Louvo as mães que nunca cederam ao Mac Donalds, que não deixam os filhos ver mais de 30 minutos de Tv por dia,  que nunca por preguiça ou cansaço os puseram a ver desenhos para vocês verem um filme ou o This Is Us do dia anterior.

Um brinde a todas as mães que são contra furar as orelhas às meninas, pelo que parece é uma grande piroseira e todas nós (geração dos anos 80) nos lembramos como foi traumatizante termos brincos nas orelhas!

Um brinde também às mães que nunca falharam uma vacina.

Não sei como conseguem ter a casa sempre arrumada mas pelos vistos eu ainda tenho muito para aprender como mãe, às vezes desespero tanto que sou capaz de berrar no supermercado, já tentei a técnica do abraço mas só serviu para elas levarem a melhor, assim continuei com a técnica do berro  ou do esganiço da voz, às vezes também serve a ameaça” Olha que vamos ter uma conversa muito séria na casa de banho” resulta sempre, é tiro e queda!!

Também já não sei o que hei-de fazer com tanta roupa para lavar , encardida dos fins de semana que passam no campo, as meias ainda consigo poupar porque andam tantas vezes descalças que só sujam os pés. Estou desejosa que chegue o verão porque assim posso deixar que andem só de cuecas e poupo na roupa também. E as unhas? Meu Deus as unhas, chegam da escola em tal estado que às vezes nem consigo ir logo de seguida comer o tal gelado ao jardim  ou ao parque onde costumam brincar depois das aulas.

Os trabalhos de casa? Ah pois! Às vezes fazem antes de jantar outras ao pequeno almoço antes de irem para a escola, aí acho que tenho sorte porque como sou um pouco preguiçosa escolhi uma escola com poucos TPC, mas tem muita brincadeira e até tem algumas regras.

O que vos queria dizer , queridas mães perfeitas é que ainda bem que o mundo vos tem, os vossos filhos vão aprender a andar sempre limpinhos  na rua, já as minhas se for preciso até vão andar de bicicleta de pijama , também vão ter uma alimentação super saudável, infelizmente as minhas comem muitas vezes “porcarias”, eu bem sei que não lhes faz bem nenhum mas elas ficam com um sorriso tão grande e tão satisfeitas que não consigo impedir. Os vossos filhos têm mães perfeitas e daqui a uns aninhos também serão adultos perfeitos, acho que vou ter de me mudar com as minhas para a selva mais próxima, onde possam continuar a andar descalças, a correr pelo campo, a ir à praia no inverno, a comer gelados com as mãos sujas, a andar na rua com roupa por engomar porque não houve tempo para mais, despenteadas e com a boca suja do chocolate das bolachas. Depois volto quando tiverem dezoioto anos para perceberem o que é a civilização e aprenderem alguma coisinha com os vossos filhos educados sem vincos.

Realmente as coisas mudaram muito, é que na altura em que fui criança a minha mãe não tinha facebook, nem grupos de mães  para saber que vocês existem, mães perfeitas, então fez só o melhor que podia, de chinelo na mão muitas vezes e gritos esganiçados como os meus . Mas curiosamente deve ter falhado em alguma coisa porque eu até entrei para a faculdade e aprendi a ler e a escrever quando era pequena, apesar de brincar na rua depois das aulas e atirar fisgas às galinhas no quintal.  Enfim há mães que têm sorte, outras são perfeitas.

De uma mãe imperfeita

Sofia Franco

 

A Solidão da 3ª Gravidez

Estou grávida. Estou grávida do terceiro filho. Quando temos o primeiro a alegria é contagiante mesmo que não tenha sido planeado, mesmo que  ainda tivesses planos para concretizar ou que não te sintas preparada,. Quando acontece ficas como que anestesiada , não sabes o que vai acontecer, não sabes como é , só sabes o que toda a gente à tua volta te diz, que é maravilhoso, que é lindo. Algumas pessoas assumem que não é fácil, mas todas elas concordam que é o melhor da vida. Quando ficas grávida pela primeira vez vives tudo intensamente, sentes-te acompanhada e nunca estás sozinha.

O segundo filho é sempre uma escolha tua, pode ser logo de seguida, podes esperar uns anos  mas é aquilo que  toda a gente espera de ti. O segundo filho. Acontece e novamente a onda de calor, de amizade de alegria gira à tua volta. É claro que tens medo, é normal. O teu primeiro ainda é pequeno , ainda precisa de atenção. Vais para a maternidade e deixas as gavetas etiquetadas e a roupa separada para um mês. Vais para a maternidade ter o segundo mas não consegues deixar de pensar no primeiro.

Aquilo por que não esperavas é que a intensidade de amor que tens pelo teu primeiro se multiplique pelo teu segundo. Não conhecias em ti a capacidade de amar tanto.  E não conhecias em ti a capacidade de aceitar o amor sem fronteiras, sem limites, sem prerrogativas que todos os dias recebes das pequenas criaturas de quem cuidas.

Voltas á rotina. Ao trabalho, foco na carreira agora , aquela que deixaste em suspenso, tentas  ser o que eras mas nunca mais serás a mesma. Porque inevitavelmente as tuas prioridades mudaram. E aceitas. Aceitas que não consegues ser excelente, que talvez a tua evolução profissional seja mais lenta do que desejavas. Mas não sentes rancor. Tens a família que sempre imaginaste.

Um dia chegas a casa e percebes que alguma coisa está errada e como que intuitivamente fazes um teste de gravidez. Positivo. Estás grávida outra vez. O choque é demasiado e choras, choras porque não planeaste, choras porque não querias, choras porque não queres deixar a tua vida perfeita para enfrentar mais desafios. Choras não sabes por quê. Pensas o que vais fazer e as opções que tens mas muito antes de tomar uma decisão o universo toma por ti, e assim de um dia para o outro, sem mais nem porquês o que encaraste como um problema deixa de existir. E assim , de um dia para o outro o que encaravas como um problema era tudo o que querias na vida.

E a partir desse dia passas a viver com essa ideia no coração e tu sabes que as ideias que se cravam no coração são sempre as que mais dificuldade tens em esquecer.

Mas falta-te a coragem, falta-te o apoio. Ninguém fala sobre isso , ninguém imagina que o queiras, ninguém sabe do teu coração. Só tu.

Até que um dia voltas a sentir que há algo que não está bem, fazes o teste, e outro e dali a uma semana mais um… só para garantir. Dás a noticia ao teu marido num tom seco, confuso, não esperas foguetes, não esperas música, marcas consulta no médico e vais, sozinha. E é  a partir desse momento que a tua terceira gravidez te torna solitária. Solitária nas tuas escolhas, solitária nos teus pensamentos, nas tuas culpas, nos teus anseios.

TESTE GRAVIDEZ

Consideras todas as opções, fazes tantas contas à vida, à segunda casa que vais ter de vender, às escolas privadas que não vais conseguir pagar. Mas o amor não tem preço e não há suborno possível para a vontade do teu coração. E decides. Não sabes se bem ou se mal. Mas decides.

E suportas os enjoos, a má disposição, as quebras de tensão. Sozinha. E quando chega a hora começas a dar a notícia. Quase ninguém te dá os parabéns, quase ninguém te felicita. Mas não faz mal, ninguém sabe quando são as tuas consultas, não querem pormenores, afinal , já é a terceira. Devem pensar que foi um deslize ou que estás doida. E nessa solidão caminhas grávida e orgulhosa. Só tu sabes.

Façamos um balanço!

E assim se passou uma semana, e…eu perdi 1, 200kgs!

Não está a ser fácil porque eu gosto mesmo muito de comer porcarias. Tenho saudades da batata frita e dos pasteis de nata, do café com um pastelinho de bacalhau, do chocolate, ó meu Deus o chocolate ali assim a meio da tarde. Mas não, nada disso. Eu sou forte e vou conseguir reeducar o meu organismo.

Falemos então de coisas concretas, o meu plano alimentar passado pela Dra. Patrícia Aguiar da @Nutrir.alimento.

De início não me pareceu nada de outro mundo, eliminar o pão (só como uma fatia de um pão especifico), eliminar por completo o açúcar e o leite. Os hidratos ficam, embora controlados e água, muita água. Pois, aqui é que está o problema, eu NÃO CONSIGO BEBER DOIS LITROS DE ÁGUA POR DIA!!! (mas por favor não lhe digam nada).

O corpo pede açúcar (eu oiço-o a gemer por um KinderBueno ou até mesmo um pacotinho de bolachas Oreo) e ainda ontem tive uma dor de cabeça daquelas que só passa depois uma boa noite de sono. Hoje estou bem e continuo longe das pastelarias, do fast food e… do chocolate!

Resumindo e baralhando, podia correr melhor, mas não está mal de todo.

Beijinhos

MB

Sem Filtro

 

Porque é que estamos todas a torcer pelos mauzões?

 

la casa de papel

A série é mesmo viciante! E pensar que até há duas semanas era completamente ignorante em relação ao tema, não conhecia o Professor , nem o Berlim, nem o Rio. Para mim Tóquio e Nairobi eram só cidades. Nunca mais!

Enfim , a minha vida nunca mais será a mesma! Estou quase a acabar a segunda temporada e continuo a torcer pelos mauzões. Torço por eles desde o início. Quero que enganem a policia, que fujam para  as caraíbas cheios de “guita” e se possível , cada um com a sua cara metade, seja refém, assaltante com nome de cidade ou policia.

Mas porque é que estamos todas a torcer pelos mauzões?

Em primeiro lugar há esta atracção histórica que as mulheres têm pelos maus da fita. O mauzão é sempre sexy pela sua rebeldia, pela coragem e pelo seu despreendimento.

Gostamos dos mauzões pronto! Dão-nos luta e nós gostamos!Mas as personagens desta série estão muitos níveis acima da simples figura de “mau da fita”. Vimos em todas elas características que nos atraem muito além de uma simples atracção física, e é por isso que não conseguimos tirar os olhos do écran e mesmo que tenhamos de segurar os olhos com um palito continuamos a ver pelo menos só mais um episódio.

O Professor por exemplo tem aquela genialidade rara que nos faz tremer, não é giro por aí além, mas é tão sexy…. o tipo é um leão mascarado de gatinho… e isso vamos ser sinceras, dá cabo de nós não dá?

As outras personagens são igualmente ricas em carácter e qualidades, que a bem dizer podiam usar para fazer o bem, todas teriam carreiras de sucesso no mundo real e ganhariam rios de dinheiro, se ao menos não optassem pela vida do crime! E por falar em rios, o Rio? Dios Mio ….  quase que temos de lhe pedir para não se rir para não nos derretermos todas…. .

E para nos matar do coração e pregar os pés, ou melhor a “bunda” no sofá, juntam-se aqui aos mauzões cheios de carácter as histórias de amor,  de homens mais novos com mulheres mais velhas, de policias com ladrões, de reféns com assaltantes, de companheiros de armas e de pais por filhos…Está tudo ali! A coragem, o medo, o amor , a amizade, as emoções à flor da pele, o suspense  e é por isso que no fim queremos todos que ganhem os mauzões! Porque afinal somos pelas histórias de amor, somos pelas virtudes, somos pela justiça, somos pela coragem, somos pelo carácter,somos pela sinceridade e somos pela liberdade.

Parece estranho ? então assista a série! Aproveita para fazer um curso de espanhol intensivo e no fim diga-me se não concorda comigo!”és un puto ninja con ganfas!”

Sofia Franco

(sem filtros)

Porque é que miúdos e graúdos adoram o Zmar? Fomos descobrir…

 

 

 

As mães deste blogue decidiram  dar uma pausa à criançada e para manter a sua sanidade mental  fizeram um retiro em família. Como o objetivo era descansar ao máximo a mente e cansar (muito) as nossas crianças, e como já tínhamos ouvido falar maravilhas do Zmar -Eco Experience decidimos experimentar  e lá estivemos durante  três dias non-stop.

Pessoalmente o conceito não me fascina, não sou de todo adepta do campismo e só de ouvir a palavra bungalow já fico nervosa. No entanto o bungalow de que falo está equipado com ar condicionado, tv, casa de banho privada e claro são confortos que o parque de campismo normal não tem.

Apesar de achar que o preço poderá em determinadas épocas estar desajustado em relação às comodidades oferecidas ( em alguns casos está ao nível (quanto ao preço) de um bom turismo rural no Alentejo), tenho de concordar que as crianças adoram e não há dinheiro que pague a sua felicidade.

O Zmar Eco Experience é um conceito ecológico  de eco turismo sustentável tendo já sido premiado internacionalmente. Está situado em pleno Alentejo e apenas a dez minutos da badalada praia da Zambujeira do Mar.

A herdade onde está situado tem uma Etar própria para reutilização das águas que são posteriormente utilizadas para a rega, tem painéis solares que fornecem energia e água quente aos bungalows e todo o design está programado para “ferir” o menos possível a paisagem e o ambiente.

No entanto o motivo pelo qual os miúdos adoram o Zmar é na verdade pelas infraestruturas que apresentam :

  • uma  piscina exterior em tamanho XXL que fará as delicias dos mais novos no verão
  • uma piscina interior que às horas certas nos surpreende com ondas do mar
  • os  slides e o enorme parque infantil de onde os miúdos não querem sair nunca
  • o espaço kids- onde fazem atelieres, atividades e aproveitam para brincar
  • o imenso espaço livre onde podem circular também livremente, a pé, de bicicleta ou de carrinho a pedais
  • uma quinta com animais que os miúdos podem visitar e alimentar, com póneis , burros, patos, ovelhas, vacas, e araras

O Zmar tem mesmo todos os ingredientes para a receita da felicidade de miúdos e graúdos.

 

 

Por cá ficámos rendidas ao conceito e percebemos porque tantos ” famosos” e “bloguers” adoram o Zmar .

Deixamos no entanto algumas dicas/sugestões :

  • o bungalow tem cozinha mas está equipada apenas com  dois tachos pelo que cozinhar para uma família pode ser complicado
  • existem poucas sombras na herdade, na zona dos bungalows e junto da piscina pelo que o calor tórrido do Verão Alentejano pode ser difícil de suportar ( só para pessoas que implicam o sol como eu )
  • Existe um pequeno mini-mercado dentro da herdade, mas na verdade só vimos bolachas e batatas fritas à venda por isso é melhor levar algumas  coisas já preparadas.
  • Alugam bicicletas e carrinhos a pedais mas os preços são caríssimos por isso se tiver oportunidade leve as suas próprias bicicletas.
  • As toalhas para as piscinas não são fornecidas pelo Zmar, tem de levar as suas próprias ou alugar (  dois euros cada toalha)
  • Não há limpeza diária dos bungalows e os lençois são trocados de quatro em quatro dias.

E pronto , apesar de tudo foram dias muito divertidos, os miúdos vieram cansados e renovados e as mães descansadas e renovadas…

 

 

A minha mais velha voltou hoje à escola e não me deixou tirar a pulseira do Zmar porque queria ter a prova para mostrar aos amigos que lá tinha estado, como se tivesse ido para muito longe, um pais de diversão chamado Zmar ….

Sofia Franco

 

 

 

DESAFIO ACEITE!

 

 

bdr

bdr

Ainda se lembram dos meus objectivos para 2018? Pois é, estou a conseguir passar ao lado de todos eles.

Mas a Dra. Patrícia Aguiar da Nutrir.alimento é uma querida e achou que deveria fazer uma boa ação ajudando uma alma penada que deambula todos os dias entre um pastel de nata e um pastel de bacalhau.

Hoje tivemos uma conversa muito séria e eu para além de aceitar o desafio, assumi um compromisso, com ela e comigo. Até junho tenho que perder esta barriga, o queixo duplo e um bocadinho do rabiosque.

Por um verão em que ninguém me dê prioridade nas filas por achar que estou grávida.

Por um verão a vestir o 36 e a respirar ao mesmo tempo.

Por um verão com menos celulite nem que seja nos calcanhares.

Tudo pelo verão e alguma coisa por mim para não parecer tão mal…

Vou pôr um travão e começar a fazer boas escolhas. E foi isso que mais gostei na consulta com a Dra. Patrícia ” A menina não vai passar fome nem vai deixar de socializar com os amigos, vai é escolher melhor o que come.” E assim até parece fácil…só que não. Fui avisada mil trezentas e noventa e três vezes “olhe que não vai ser fácil”. Tá bem, tá bem! Avancemos lá para o plano alimentar para eu ver se a coisa é “fazível” .

O meu plano alimentar foi focado em duas prioridades, beber muita água e combater a obstipação, sim porque aqui a menina é poupadinha e guarda muito bem tudo o que come durante vários dias.

Começamos por tirar o leite e colocar os chás. Cortar na quantidade do pão e escolher  aquele que apenas leva farinha, água e sal.  Por enquanto os hidratos ficam, controlados, mas ficam, gostei tanto desta parte. A abusar em alguma coisa, é abusar na proteína e fugir das pastelarias, esquecer o Nestum e o croissant de chocolate do café da Dª Isabel. A bola de berlim talvez volte, em agosto… uma durante o verão todo.

Ao longo das próximas semanas irei partilhar convosco as minhas maiores dificuldades, as fraquezas (se as houver) e o que vou notando de diferente. Mas não pensem que as minhas fotos vão ter muito bom aspecto e filtros super profissionais. Na na na!!!!! As manhãs são a correr cá em casa e  por isso não há panquecas em pratos rócócós e a sopa ao jantar é mesmo numa tigelinha que já era da avó Maria, espero que não se importem.

Desde que comecei a escrever isto que há uma questão que não me sai da cabeça:será que é desta que faço as pazes com a balança??

Brincadeiras à parte, não é apenas uma questão estética, já é a minha saúde que está em causa. Por mim e por ela, agora vai!

bty

Agora confessem, há por aí mais alguém a tentar recuperar aquele corpinho de há meia dúzia de anos? Por favor, não me deixem sozinha e rezem, rezem muito por mim, porque só lá vai com um milagre!

MB

Sem filtro

Temos Giveaway a decorrer no nosso facebook! espreite….

GIVEAWAY @NOTJUST4MUMS e NUTRIR.ALIMENTOS
https://www.facebook.com/Nutrir.alimento/A primavera chegou e com ela esperemos que os dias de sol !
Daqui a pouco estamos a pensar em dar um pulinho até à praia , mas o Inverno foi duro ,o Natal ainda se nota e ainda falta a Páscoa !!! 
A Patrícia Aguíar vai dar uma ajudinha Para que esteja na sua melhor forma !
Faltam 3 Meses para o verão : SÃO 3 MESES DE ACONSELHAMENTO NUTRICIONAL ONLINE !
Para concorrer basta seguir as regras abaixo :
1-like na página da NotJust4Mums
2-like na página da Nutrir.alimentos
3 -entrar no link abaixo e simular o seu índice corporal ( ficam excluídas as candidaturas com imc inferior a 29,9)

http://www.roche.pt/emagrecer/calculadoras/calcimc.cfm#ath

4- deixar um comentário neste post com a identificação de 3 amigos/as para o concurso

A cada comentário válido será atribuído um número e o sorteio será aleatório ! Começa hoje e acaba na próxima quarta feira dia 28 Março !

Com a nossa ajuda vai ver que é mais fácil !

nutrir.alimentos

 

A partir de hoje temos mais uma parceria a nivel da saúde e nutrição!

 

patricia diva

È com muito gosto que anunciamos mais uma parceria fantástica com uma mulher fora de série  A Patrícia é nutricionista e vai estar connosco a partir de agora , bem como a Nutrir.alimentos Vamos publicar receitas saudáveis, responder a dúvidas e questões e partilhar dicas úteis para o nosso dia a dia .Tudo para simplificar a tarefa de ficarmos ainda mais maravilhosas!

Para celebrarmos a nova parceria e porque se aproxima o DIA DA MULHER vamos fazer um Giveaway bombástico! Fiquem atentas!
Para já todas as questões que tiverem podem enviar para o nosso email: notjust4mums@gmail.com